terça-feira, 25 de outubro de 2016

Indução à violência?

     Um dia destes eu estava assistindo uma partida da NHL, a liga de Hockey no gelo dos Estados Unidos e Canadá. Quem nunca viu o esporte, eu mesmo estou começando e já achando divertido por ser bem dinâmico, saiba que é um jogo com muito contato físico, muitas vezes descambando para violência física, onde os jogadores não usam ou não tem como hábito usar protetor bocal, pois perder um dente em um jogo de hockey é como se fosse uma medalha e para e se proteger é usado quase uma armadura, além de se usarem tacos para movimentar o disco e, às vezes acertar o adversário, o que gera uma falta. Ao ler isso muita gente pode pensar como o esporte é violento, alguns que deveria ser proibido, pois deve incitar as pessoas a se baterem outros até podem dizer que é tão terrível que até o Jason do filme Sexta feira 13 utiliza uma máscara de goleiro de hockey, ou seja um horror certo? Ou será que não.
     Sabe quem ama o esporte, assim como nós amamos o futebol? O Canadá, o segundo maior país do mundo em termos de território. Seguindo a lógica do parágrafo acima deve ser um clima de guerra no país, correto? Errado. O país é considerado um dos melhores para se viver, com baixo índice de violência. Então o hockey não deve ser assim tão popular, certo? Errado de novo. É a paixão nacional. Será que é o jogo que causa a violência ou será que, quando temos uma educação de qualidade e uma mentalidade não bélica, independentemente do que se passa ou se consome, a paz e o respeito podem se manter? 
     Uma vez conversei com um casal canadense. Eram senhores de mais de 60 anos, bem daquele estilo vovó de conto de fadas. Saindo o assunto de esportes, eles falaram que amavam hockey. Ao falar isso tinham aquele brilho nos olhos de quando falamos de algo que adoramos profundamente. Interessante como, apesar de amarem um jogo bem físico, e até violento, os velhinhos continuaram dóceis. Parece que a influência dos jogos, sejam reais ou virtuais, não é assim tão devastadora, não é?
     Apesar de muitas campanhas ao estilo caça às bruxas contra esportes como o hockey, videogames e semelhantes, não são eles que induzem a violência. Dei o exemplo do Canadá, mas em muitos países acontece o mesmo. Não são os hobbies que geram a violência, mas a mentalidade, a cultura, a educação, ou melhor, a falta dela, o fanatismo e assim por diante. Informação é poder. É com educação e cultura que mudamos o mundo, mas por ser caro, trabalhoso e desinteressante para quem tem poder é mais fácil deixar todos ignorantes e culpar os jogos pela violência, assim como já houve épocas em que a culpa era dos livros, da música, do teatro e assim suscetivamente. Vamos parar de ter um pensamento tão tacanho e ignorante, com o uso de frases prontas feitas por pessoas que ganham com isso, e começar a pensar por nós mesmos. Quem sabe assim não conseguimos um mundo melhor? E de quebra ganhamos novos hobbies como jogar videogame ou assistir e praticar hockey no gelo.
     Saudações gamers

______________________________________________________________________

Ajude-nos a melhore a comunidade gamer do Brasil. Faça seus comentários, divulgue nosso trabalho e siga-nos nas redes sociais. Agradecemos o apoio e a confiança
  • Clique aqui para nos seguir no Twitter
  • Clique aqui para nos seguir no Facebook
  • Clique aqui para nos seguir no Google +
E não se esqueça de prestigiar os nossos parceiros. É só clicar em um dos banners aqui no nosso site, assim TODO MUNDO sai ganhando. É rápido e prático.

Nenhum comentário:

Postar um comentário