domingo, 21 de fevereiro de 2016

Os games e o inglês

     Já escrevi sobre como os videogames te ensinam a aprender com os erros. Hoje queria partilhar outro tipo de aprendizado que tive, que foi o inglês. Quando eu era pequeno, os jogos que eu jogava no console eram todos em inglês, assim fui obrigado a aprender o básico para poder jogar.
     Para começar precisei aprender a palavra "start", que, por mais óbvia que seja hoje em dia, na época era algo complicado. Depois aprendi o significado das palavras "easy" e "hard". A palavra "normal" por algum motivo não foi difícil.
     Um jogo que me ajudou bastante foi o Pokemon, que eu tinha a versão blue, por sinal ainda tenho. Na época, palavras como "dig" e "cut" eram só ataques que eu usava. Mas quando comecei a ver o simple past e precisei decorar a lista de verbos, a coisa mudou de figura. Na realidade era um bálsamo quando via estes verbos, pois me remetiam a algo muito divertido e eram verbos que eu conhecia, ou melhor, passei a conhecer o significado, além da fácil conjugação.
     Algo semelhante ocorreu quando comecei a ver Futebol Americano e percebi que o termo "tackle" não me era estranho. Realmente o Pokemon ajudou a ampliar meu conhecimento.
     Hoje em dia meu inglês está infinitamente melhor, mas, como como todo idioma, será estudado para o resto da vida, não que eu ache isso ruim, muito pelo contrário. Em todo caso, o primeiro grande empurrão que eu tive para este idioma em especial, foi o videogame e este esteve presente durante toda esta jornada e continuará a fazê-lo pelo resto da minha vida.
     Saudações gamers

Nenhum comentário:

Postar um comentário